Alexandre Manzan

Nascido em Brasília em junho de 1974, Manzan aprendeu a gostar da vida ao ar livre com seu pai (espeleólogo). Apaixonou-se pela bicicleta ainda criança. Após passar sua juventude saltando "rampas" pela cidade, conheceu o triathlon em 1989 e iniciou sua carreira neste esporte em 1990. Desde então, acumulou expressivos títulos. Praticou diversos esportes concomitantemente ao triathlon (canoagem, corridade aventura, voo livre, surf, escalada, entre outros). Foi triatleta profissional por mais de 15 anos, tendo sido campeão mundial de duathlon e vencido três etapas do circuito mundial de triathlon - ITU. Com mais de 200 competições e 42 expedições realizadas, atualmente se dedica ao triathlon cross country, à corrida de montanha e a eventuais expedições de trekking, canoagem e bicicleta.

  • Bicampeão Pan-Americano Júnior de Triathlon (1993)
  • Campeão mundial Júnior de Duathlon (1994)
  • Vice-campeão do Circuito Mundial de Triathlon (1996)
  • Campeão de 3 etapas do Circuito mundial de triathlon - Gamagori (Japão) e Ilhéus (1996)
  • Campeão Sul-Americano de Triathlon (1998)
  • 4º no Ironman Brasil - 1º brasileiro (1999)
  • Tri-campeão do Brasília Multisport (2001)
  • Tri-campeão do Long Distance de Pirassununga (2003)
  • Campeão da Etapa brasileira do Circuito Mundial de Xterra (2008)
  • Bi-campeão do Multisport Brasil (2010)
  • Hexa campeão do circuito Xterra Brasil (2005 – 2010) (2010)
  • Campeão do Cruce de Los Andes (dupla mista) (2010)
  • 11º lugar Xterra World Championship – Maui (Hawaii) (2010)
  • Vice-campeão da K42 Bombinhas (2012)
  • Campeão da Volta dos Romeiros/SP (2013)
  • Campeão do Indomit 21K Campos do Jordão/SP (2014)
  • Campeão dos 30km Taboquinha - Brasília (2014)
  • Bi-campeão do Xterra Amazônia (2010 e 2014) (2014)
  • Campeão da PatagoniaRun (21km) - Argentina (2015)
  • Campeão da TNF Challenge Agulhas Negras/RJ (2015)
  • Campeão da KTR Campos 21km (2015)
  • Campeão do K21 Maresias (2016)
  • Campeão do 20 Km Taboquinha (2016)
  • Campeão do Xterra Regional Juiz de Fora (2016)

Viagens

Desde criança Manzan teve sua independência decratada pela bicicleta. Sempre se locomovendo e competindo com a bike, conheceu pessoas e diversos lugares. Após ter se tornado triatleta profissional, controlava o nervosismo da véspera de competição praticando modalidades esportivas que conhecia nos países que visitava. Dessa forma, aprendeu a remar, subir montanhas, acampar e voar de asa delta. Com uma alma itinerante, realizou inúmeras expedições e viagens utilizando essas modalidades.

Experiência outdoor

Caiaque

Volta da Ilha Grande/RJ, 109km, fev/2002;

Expedição pela costa do Dendê/BA, 210km, dez/2002;

Volta da Ilha do Mel/PR, 65km, jan/2004;

Travessia no Rio São Marcos/MG, 80km, set/2004;

Travessia na Serra da Mesa/GO, 98km, nov/2007;

Travessia na Represa de Nova Ponte/MG, solo, 65km, maio/2008;

Expedição pela Costa do Descobrimento/BA, solo, 250km, fev/2009;

Travessia da Represa de Corumbá IV/GO, 60km, abril/2012;

Travessia da Represa de Corumbá IV/GO, 75km, jan/2014;

Expedição pelo Rio São Bartolomeu/GO, 95km, dez/2014;

Travessia São Francisco do Sul – Florianópolis/SC, 170km, out/2015;

Travessia da Represa de Corumbá III/GO, 65km, jan/2016;  

Travessia da Represa da Serra do Facão/GO, 85km, julho/2016;  

Travessia Cananeia/SP – Antonina/PR, 125km, set/2016;

Trekking

Travessia da Serra Fina – Serra da Mantiqueira (MG, SP, RJ), 55km, out/2002;

Cachoeira da Fumaça – Chapada Diamantina/BA, solo, 20km, fev/2003;

Travessia Petrópolis – Teresópolis/RJ, 30km, jun/2003;

Trekking na região de Courmayer/Itália, 22km, jul/2003;

Pico da Bandeira/ES, 40km, ago/2003;

Travessia Itaguaré Marins - Serra da Mantiqueira, solo, 30km, mar/2007;

Expedição ao Monte Roraima (2.734 m), set/2010;

Trilha Salkantay, Cordilheira dos Andes, Machu Picchu/Peru, 50km, mar/2012;

Trekking na Ilha de Navarino/Chile, 60km solo, fev/2013;

Parque Torres Del Paine/Chile, solo, 150km, dez/2016.

Bike

Travessia Juiz de Fora – Paraty, serras da Mantiqueira e da Bocaina (MG, SP e RJ), 550km, jul/2008;

Travessia de mountain bike Sorocaba – Curitiba, 540km, out/2009;

Viagem de bicicleta no Vale Europeu/SC, 450km, out/2010;

Travessia Teresina/PI – Jericoacoara/CE, de mountain bike, solo, 570km, out/2011);

Travessia da Serra da Canastra/MG, solo, de mountain bike, 334km, nov/2012;

Travessia pela Serra da Mantiqueira (BH – Itajubá/MG), 500km solo, mar/2014;

Expedição pela Europa (solo) 3500 km, maio e junho/2014;

Volta da Chapada dos Veadeiros/GO, 290km, maio/2015;

Viagem de bicicleta pela região de Diamantina/MG, 350km, mar/2016;  

Montanhismo

Aconcágua (6.962m - Argentina), escalada (fev/2008);

Escalada das montanhas Pisco (5700 m) e Chopicalqui (6400 m), Cordillera Blanca/Peru, jul/2011;

Escalada da via Curinga no Pão de Açúcar/RJ, abril/2012;

Escalada da via K2 no Corcovado/RJ, maio/2012;

Expedição a Antártida (28 dias), jan/2013;

Montanhas Tarija (5300 m) e Huyana Potosi (até 6030 m), jun/2013;

Corrida

Travessia de João Pessoa/PB – Natal/RN, solo, 144km, dez/2012;

Volta da Chapada Diamantina/BA, 125km solo, jan/2015;

 

Expedição de carro pelo Jalapão/TO, 600km, out/2016;

Biografia Viagens
Clínica de Trail Run (corrida em trilha)

O foco da clínica de trail run é o aprimoramento das técnicas de corrida em trilha por meio de educativos e exercícios específicos e fomentar a sociabilização através da prática desta modalidade. Haverá boas oportunidades para os participantes aprimorarem suas habilidades durante o Camp. A evolução de cada participante virá naturalmente nos dias de clínica e nas muitas oportunidades de discussões informais, oportunidade em que exploraremos inúmeros tópicos relacionados ao trail run. Esta clínica é destinada para pessoas que já possuem alguma experiência de corrida e que estejam em forma. Porém, não é necessário ser um atleta de ponta para participar. Os treinos serão executados sem pressa, de modo que todos possam participar e assimilar as técnicas executadas. Boa parte dos treinos será realizada lentamente por trilhas íngremes e por cristas de morros. Teremos alguns corredores com experiência para auxiliarem durante os treinos. Desta forma, nenhum participante ficará só na trilha. Em resumo, o objetivo da clínica é fazer com que cada participante saia sentindo que ganhou novas perspectivas e ferramentas a serem utilizadas para se tornarem melhores trail runners.

TÉCNICAS DE CORRIDA EM TRILHA

TÉCNICAS DE SUBIDA E DESCIDA

PERIODIZAÇÃO E PLANILHAS DE TREINAMENTO

PLANO DE PROVA

PREVENÇÃO DE LESÕES 

NUTRIÇÃO

EQUIPAMENTOS DE CORRIDA EM TRILHA

PRIMEIROS SOCORROS

CONVIVÊNCIA NA TRILHA

ESSÊNCIA DA CORRIDA

Últimas Clínicas

Fotos

Vídeos

Parceiros

Contato

Contatos

  • contato@alexandremanzan.com.br
  • 61 98122-2718